Fm Jardim

segunda-feira, 26 de março de 2012

JARDIM DO SERIDÓ REGISTRA ALTO ÍNDICE DE DENGUE

Francisco das Chagas ( Galego ), Coordenador de Endemias e me foi passado pelo mesmo, não só a informação mas a preocupação com os altos índices de infestação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti.
Jardim ainda é um município privilegiado não só em receber do governo municipal através da SMS o apoio necessário para que o programa se desenvolva bem, mas tem a frente de sua coordenação um excelente técnico conhecedor dos agravos e sabe como coordenar atingindo as metas dos programas.
O Galego atribui o alto índice de 5,1% a dois fatores, sendo o número elevado de caixas d’águas descoberta um fator e a insistência da população em não absorver as orientações repassadas pelos Agentes de Endemias quando das visitas aos imóveis.
Existem hoje no município 7 zonas ocupadas pelos agentes o que possibilita o cumprimento dos ciclos, há um trabalho paralelo de peixamento em caixas d’águas, existe uma coleta de pneus regular, um trabalho educativo quase que permanente, se tudo está funcionando dentro dos critérios técnicos, cabe atribuir a culpa maior exatamente na população que não cuida de suas caixas, já que 80% dos focos encontrados são em caixas.
Dos 15 bairros existentes, 11 bairros estão positivos, alguns com índices exageradamente alto como o bairro Bandeira Branca com índice de infestação de 26,0% quando o Ministério da Saúde preconiza menos que 1%.
O Galego faz um esforço pessoalmente e junto a colegas que também não são todos que querem ajudar de ir minimizando a situação fazendo bloqueios com equipamento portátil de UBV, mas que já solicitou ao estado UBV pesado ( carro fumacê ), na verdade quando isso acontece é sinal que por mais que os técnicos trabalhem, ficou para traz algo errado e ineficiente.
Os bairros que estão sendo trabalhados com bloqueios são: Esplanada, Comissão, São João, Baixa da Beleza e Centro.
Segundo informação do Galego, 60 casos já foram notificados, desses, 20 foram confirmados como positivos. Galego disse ainda que teme pela entrada do sorotipo 4 no município e que já conseguiu isolar 3 amostras e encaminhar para a IV URSAP.

Os bairros positivos são:
Bandeira Branca 26,0 %, Alto Baixo 12,9 %, Conj.R.Ana Cunha 11,1%, Esplanada 10,5%, Comissão 8,3%, caixa d’água 7,6%, São João 8,0%, Matadouro 4,5%, Bela Vista 2,6%, Baixa da Beleza 2,1%, Centro 1,7%.

Bairros negativos:
COHAB, Novo Horizonte, Alto do Abrigo e Petrópolis 
Fonte:http://oseridoense.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.