domingo, 18 de novembro de 2018

Seleção para Mais Médicos terá convocação ‘imediata’, diz governo

Após o anúncio do fim da participação de Cuba no Mais Médicos, o governo informou que deve lançar um edital para preencher as vagas abertas pela saída dos profissionais já na próxima semana e que a convocação aos postos deverá ocorrer de forma “imediata”.
Segundo membros do Ministério da Saúde, a previsão é que um edital para selecionar profissionais para as vagas seja publicado já na próxima segunda-feira (19).
Já o comparecimento aos municípios deve ocorrer logo após a seleção, informa a pasta.
A medida ocorre após o governo de Cuba anunciar, na quarta-feira (14), que deixaria o programa. A decisão é atribuída a declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que tem questionado a qualificação dos médicos cubanos e manifestado intenção de modificar o acordo, exigindo revalidação de diplomas e contratação individual.
Ele afirmou nesta sexta-feira (16) que se já estivesse no cargo exigiria um “Revalida presencial” dos profissionais cubanos que integram o Mais Médicos.
“Se fosse presidente, exigiria um Revalida presencial. Assistir o médico a atender o povo. Porque o que temos ouvido são muitos relatos de verdadeiras barbaridades. Não queremos isso para ninguém”, afirmou Bolsonaro, sem detalhar como isso seria feito.
Atualmente, de 16 mil médicos que atuam no Mais Médicos, 8.332 são cubanos. A saída preocupa municípios, que temem desassistência e uma espécie de “apagão médico”, especialmente no Norte e Nordeste do país.
Na Guatemala, onde participa da Cúpula Iberoamericana, o presidente Michel Temer (MDB) disse que o governo está pronto para dar uma resposta imediata ao problema.
“Se Cuba, realmente, cumprir aquilo que alardeou, que divulgou, nós estamos preparados para imediatamente colocar… não só fazer concurso, mas já falei com o ministro Gilberto Occhi com vistas a contratação de médicos para suprir a eventual falta dos médicos cubanos”, afirmou Temer.
“Acreditamos que existe um universo de cerca de 15 mil a 20 mil médicos aptos a participarem do edital. Estamos trabalhando de forma emergencial para que, à medida que o médico cubano saia, tenhamos outros médicos brasileiros que possam ocupar esses lugares”, afirmou à imprensa o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, após visita a cidades de RJ e SP.
Segundo ele, a ideia é discutir na próxima semana com a equipe de transição propostas como a oferta de parte das vagas para formados em medicina que tenham o Fies (Programa de Financiamento Estudantil). Em contrapartida, parte da dívida seria abatida. “Vamos adotar todas as medidas para que não falte médico nas cidades brasileiras”, disse.
Apesar das declarações do governo, especialistas e representantes dos municípios veem o prazo com desconfiança e dizem que pode haver dificuldade em repor as vagas dos médicos cubanos, sobretudo em regiões mais distantes dos grandes centros. A avaliação é que, embora tenha havido aumento na procura de brasileiros por vagas nos últimos editais, muitos ainda deixam de comparecer às vagas. Cerca de 30% também desistem ao longo do primeiro ano.
Reunião
As estratégias e organização da saída dos médicos cubanos foi tema de reunião nesta sexta-feira (16) entre representantes do Ministério da Saúde e da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde).
Um novo encontro deve ocorrer na segunda-feira para finalizar a decisão. Já os detalhes devem ser divulgados na próxima semana.
Inicialmente, a previsão é que os médicos comecem a deixar o país no dia 25 deste mês e que a saída, feita de forma gradual, se estenda até 25 de dezembro.
Mesmo que consiga preencher todas as vagas abertas após a saída, possibilidade vista com desconfiança por especialistas, o Mais Médicos ainda deve continuar com um déficit de ao menos 2.091 profissionais nos próximos meses, conforme mostrou a Folha nesta sexta.
O valor corresponde ao total de vagas abertas desde o início deste ano com a saída de médicos que encerraram os três anos de contrato para atuação no programa. De acordo com o ministério, ainda não há prazo para reposição.
Folhapress

Argentina diz que não tem condições de retirar submarino do fundo do mar


O ministro de Defesa da Argentina, Oscar Aguard, reconheceu neste sábado que o país não tem meios para retirar o submarino ARA San Juan, localizado durante a madrugada no Oceano Atlântico após um ano de busca, do fundo do mar.
“Eu diria que não, que não temos os meios. Não tínhamos nem os meios para encontrá-lo. Também não temos ROV (veículos de inspeção remota) para descer nessa profundidade. Nem temos equipamento para extrair uma embarcação com essas características”, afirmou o ministro em entrevista coletiva concedida em Bunos Aires.
O Ministério da Defesa e a Marinha informaram na madrugada deste sábado que, após dois meses de rastreamento no oceano, a companhia americana Ocean Infinity localizou o submarino a 800 metros de profundidade e a cerca de 600 quilômetros do litoral.
O comandante da Marinha da Argentina, José Luis Villán, ressaltou que há outros problemas para retirar o submarino do mar, como exigem os familiares dos 44 tripulantes que estavam a bordo.
Primeiro, segundo ele, há uma impedimento legal, já que seria necessária uma autorização da juíza que investiga o caso. Além disso, questões de ordem técnica precisam ser resolvidas para que a operação seja realizada com sucesso.
Villán também confirmou que o submarino se partiu em várias partes, que estão espalhadas em uma área de 800 metros quadrados.
“A localização exata é muito próxima do lugar da anomalia hidroacústica (consistente com uma explosão, detectada por agências internacionais em 2017). É a área onde tínhamos considerado que havia 90% de chance de ele estar nela. Todas as equipes buscaram nessa área”, explicou Villán durante a entrevista.
O comandante da Marinha informou que o submarino foi localizado a 907 metros de profundidade pela companhia americana Ocean Infitiny, contratada pelo governo argentino para realizar as buscas, a cerca de 600 quilômetros do litoral da argentina.
“Isso sugere, ainda sem termos certeza, que pode ter havido uma implosão, que o submarino colapsou muito perto do fundo. Os escombros estão muito próximos dentro da área”, explicou o capitão Enrique Balbi, que também participou da entrevista.
O casco resistente, a parte habitável do submarino, com cerca de 30 metros de tamanho, foi a primeira a ser localizada. Há outras três partes da embarcação, de menores dimensões, com formas que coincidem com a proa, a popa e a vela.
“Todo o casco resistente não está partido. É uma única peça, que foi deformada e entrou para o interior (do submarino), resultado da pressão externa da coluna hidroestática”, disse Balbi.
O capitão confirmou que os destroços foram encontrados perto do Golfo de San Jorge, entre 500 e 600 quilômetros do litoral.
Veja-fonte-https://www.blogdobg.com.br/

Mais Médicos deixou o Brasil à mercê de Cuba, diz Associação Médica

A Associação Médica Brasileira divulgou nota neste sábado (17) em que afirma que o governo deixou o Brasil “submisso aos humores de Cuba” ao transferir para médicos cubanos a “responsabilidade pelo atendimento na atenção básica”.
No documento, a associação atribui a crise atual no programa a uma “retaliação do governo de Cuba ao povo brasileiro” e propõe “soluções emergenciais” diante da saída de médicos do país.
Atualmente, de 16 mil médicos que atuam no Mais Médicos, 8.332 são cubanos. Na quarta-feira (14), o governo de Cuba anunciou o fim da participação do país no programa.
A decisão foi atribuída a declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que tem questionado a qualificação de médicos cubanos e manifestado intenção de modificar o acordo, exigindo revalidação do diploma.
Entre as medidas sugeridas pela AMB para ocupar as vagas estão o uso do efetivo atual de médicos das Forças Armadas, a realização de concursos para ampliar o número destes profissionais e a seleção de “médicos oficiais voluntários” para atuarem de forma temporária.
A medida, informa, poderia ajudar a reforçar o atendimento sobretudo “em áreas indígenas e de difícil acesso”.
Em outra frente, a entidade propõe criar subsídios para que médicos recém-formados e que tenham dívidas no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) atuem no programa, com incentivos como desconto na dívida de acordo com o tempo de permanência e município escolhido. “Também é preciso garantir as mesmas condições ofertadas aos cubanos hoje: moradia, alimentação e transporte.”
A associação também defende que os recursos usados para pagamento dos médicos cubanos seja incorporado ao piso da atenção básica, área que responde pelo atendimento nas unidades de saúde, para que municípios contratem médicos da região.
Para a AMB, o Brasil tem médicos suficientes para ocupar as vagas. “Sabemos que não faltam médicos no Brasil. Hoje, somos 458.624 médicos. Essa crise será resolvida com os médicos brasileiros”, informa a nota.
Em outubro, a associação divulgou uma carta aberta em que afirma que a eleição de Bolsonaro “mostrou o anseio da nação por uma mudança” e diz que muitas das propostas de campanha “estão em consonância com o que pensa e propõe a AMB”.
Na última semana, em carta, representantes de entidades chegaram a propor o nome do presidente da AMB, Lincoln Ferreira, para ministro da Saúde. A sugestão gerou uma crise na comunidade médica, conforme mostrou a coluna de Mônica Bergamo.
Questionado pela Folha, Ferreira nega que tenha havido tratativas sobre o tema com a equipe do presidente eleito.
Folhapress - fonte-https://www.blogdobg.com.br/

Brasil pode perder mais 3.300 médicos que não têm Revalida



Além dos mais de 8.300 cubanos que deixarão o país até o fim do ano, o Brasil corre o risco de perder outros 3.300 profissionais do Mais Médicos caso o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), cumpra a promessa de exigir revalidação do diploma de todos os médicos do programa. Esse é o número de participantes chamados de intercambistas, ou seja, brasileiros formados no exterior ou estrangeiros de outras nacionalidades que também foram dispensados da revalidação do diploma para atuar no país.
Em entrevista na quarta-feira, quando Cuba anunciou a saída do Mais Médicos, Bolsonaro afirmou que o Revalida será cobrado de todos. “(De) qualquer profissional de saúde trabalhando no Brasil, exigiremos uma prova de que realmente são competentes, conhecida como Revalida.”
Nesta sexta-feira, 16, a Defensoria Pública da União (DPU) protocolou, junto à Justiça Federal, ação civil pública em que pede ao governo federal a manutenção das atuais regras do Mais Médicos e a abertura do programa a estrangeiros de qualquer nacionalidade. Segundo a DPU, o objetivo é evitar que a população seja prejudicada.
Veja-Fonte-https://robsonpiresxerife.com/

Campanha de Haddad custou 15 vezes mais que a de Bolsonaro


A campanha de Fernando Haddad declarou neste sábado ter gastado R$ 37,5 milhões de reais, registra a Folha.
O valor é 15 vezes maior que o declarado ao TSE por Jair Bolsonaro — R$ 2,5 milhões.
O petista, no entanto, arrecadou aproximados R$ 35,4 milhões, restando uma dívida de cerca de R$ 3,8 milhões.
Fonte-https://robsonpiresxerife.com/

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Abrindo o jogo...! Rodrigo Phavanello, fala sobre seu relacionamento com famosa e entrega: "Sofri preconceito até dentro da minha família".


Resultado de imagem para Rodrigo Phavanello 2018
Hum...! Abrindo o jogo...! Isso mesmo, em um bate  papo pra lá de quente com lady Antonia fontelle, o ator tudo de bom.com, Rodrigo Phavanello, falou sobre  sua relação com a veterana atriz cômica, a tudo de bom.com, Claudia Jimenez, romance que começou em 2008, durante um trabalho que os dois fizeram juntos. Na época, ele tinha 31 anos e ela 49. "Ela sempre se relacionou com mulher, sempre, a vida dela toda. Eu acho que fui o primeiro homem dela. Fui extremamente apaixonado por ela", disse o moreno . "Começou como uma amizade, ficamos íntimos, aquela coisa de coxia. E ela contando a história dela, de infância, de sempre ser rejeitada, e ela ter ido buscar o carinho no colo feminino, me cativou demais", observou e o bonitão. Para viver esse amor, o famoso entrega que sofreu preconceito até mesmo dentro de sua familia. "Joguei tudo pra cima, estava fazendo uma novela das sete , vazou pra mídia o relacionamento e a corda estourou do lado mais fraco. E o lado mais fraco no caso era o meu. Ela já era a Claudia Jimenez, e eu estava no começo da minha carreira. Sofri preconceito até dentro da minha família. Era uma coisa que ninguém entendia, mas importante é que fui até o final, foi uma troca incrível que existiu na minha vida e tenho certeza que na dela também", relatou o galã

Foto: reprodução/ObservatórioG

Nem te conto...! Wesley Safadão, entrega o jogo e confirma traição a ex-mulher com a atual

Resultado de imagem para wesley safadão
Hum...! Nem te conto...! Pois é, na noite da última segunda-feira (12/11), o jornalista tudo de bom.com, Roberto Cabrini, exibiu em seu programa 'Conexão Réporter' (SBT), o caso que envolve a família do também tudo de bom.com, Wesley Safadão. Durante a atração o forrozeiro confirmou que, quando ficava com Thyane a sua atual esposa , ainda estava casado com Mileide e os fãs da ex, não o perdoam por isso. "Eu tava na fase do fim do relacionamento. Eu já não estava feliz, vivíamos uma crise, então o erro foi não ter finalizado 100%. Então, chegou um período que eram as claras mesmo. Eu falava que ia trabalhar mais cedo, mas aí ela não sabia de fato o que eu estava fazendo", disse o famoso. Em meio a polêmica, alguns perfis falsos foram criados nas redes sociais para atingir o artista e a sua atual esposa, Thyane Dantas. Um grupo de mulheres usavam a internet para atacar o casal e o motivo dos haters era a separação mal resolvida entre Safadão e Mileide Mihaile. O casamento do cantor com Mileide Mihaile durou 8 anos e terminou com acusações de traição e conflitos. Os ataques começaram quando Wesley se afastou de Mileide, e se uniu a Thyane, com quem hoje tem 2 filhos. As ofensas e difamações se multiplicaram e, ao passar dos dias, as postagens só pioraram. A mãe de Wesley, Dona Bill, decidiu comprar a briga. Gastou tempo e muito dinheiro para descobrir o submundo da internet e desvendar os rostos por trás de perfis falsos. Durante a entrevista, Cabrini entrou em contato com as mulheres que criaram uma verdadeira rede "fake" para promover os ataques gratuito ao famoso e sua nova companheira. Sem querer se identificar, uma moça que fez parte do grupo revelou que não pensou nas consequências quando resolveu entrar no caso. "A única coisa que posso dizer é que estou arrependida", finalizou ela.
Fonte: iBahia
Foto: Reproduçõ/Area Vip
http://www.walterbatista.com.br/

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Após premiar o STF com aumento, Congresso debate congelamento salarial do funcionalismo


Uma semana depois de o Senado ter retirado do freezer o projeto que elevou em 16,39% os vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal e da procuradora-geral da República, uma comissão especial de deputados e senadores se reúne nesta terça-feira (13) para discutir o congelamento de reajustes que seriam pagos a diversas categorias do funcionalismo público a partir de janeiro de 2019.
O resfriamento do contracheque dos servidores consta de medida provisória enviada ao Congresso por Michel Temer. Antes de chegar aos plenários da Câmara e do Senado, a proposta tem que passar pelo crivo de uma comissão mista. O colegiado reuniu-se na quarta-feira da semana passada —mesmo dia em que os senadores enviaram o aumento do Supremo e da Procuradoria para a sanção de Temer.
Sem clima, os membros da comissão adiaram para esta terça-feira a eleição de um presidente e de um vice-presidente, além da escolha de um relator para a medida provisória. O governo alega que os aumentos precisam ser adiados para 2020 em nome do equilíbrio das contas públicas. Até a semana passada, o argumento parecia lógico. Perdeu o nexo depois da exceção aberta para o STF.
O congelamento previsto na medida provisória de Temer afeta 372 mil pessoas, entre servidores ativos (209 mil) e aposentados (163 mil). Se for aprovado, evitará gastos de R$ 4,7 bilhões no próximo ano. O aumento dos salários do STF, que descerá em cascata por toda a administração pública, deve custar entre R$ 4 bilhões e R$ 6 bilhões por ano.
Entre as corporações que seriam afetadas pelo congelamento estão servidores da elite do funcionalismo, lotados na Polícia Federal, Receita Federal, Banco Central e Itamaraty. Há também na lista médicos e professores. Ironicamente, os reajustes foram aprovados sob Michel Temer. Alegou-se que já haviam sido negociados pelo governo de Dilma Rousseff, antes do impeachment.
Para restaurar a lógica, Temer precisaria vetar o aumento que elevou os salários da cúpula do Supremo e da Procuradoria de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil por mês. Mas é improvável que um presidente em fim de mandato, com duas denúncias por corrupção e dois inquéritos criminaios sobre os ombros, se anime a desafiar os interesses monetários da nova CUT, Central Única das Togas.
JOSIAS DE SOUZA
Fonte-https://www.blogdobg.com.br/

Stan Lee, mestre dos quadrinhos, morre aos 95 anos

O escritor, editor e executivo da indústria de histórias em quadrinhos americano Stan Lee morreu nesta segunda-feira, 12, aos 95 anos. A informação foi divulgada pela sua filha ao site TMZ. Ele chegou a ser levado ao hospital Cedars-Sinai, onde morreu.
Nova-iorquino da gema, nascido Stanley Martin Lieber, em 1922, ele foi um dos mais importantes nomes dos quadrinhos por décadas, mas não foi exatamente um quadrinista.
Ele fez história principalmente no nicho dos super-heróis ao escrever argumentos, roteirizar HQs e conceber personagens que viriam a se tornar célebres, como o Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico e os X-Men. No entanto, Lee começou a carreira, em 1939, como um mero assistente, sem assumir funções criativas.
Uma de suas primeiras criações foi o Destroyer (não confundir com o Demolidor, que também foi imaginado por Lee em parceria com Bill Everett), em 1941, mas o herói não obteve o sucesso de suas futuras contribuições. Suas principais obras vieram com a renovação dos quadrinhos nos anos 1950 e 1960, justamente quando Stan Lee estava pensando em mudar de carreira e sua esposa sugeriu que ele contasse as histórias que queria, independente de serem adequadas ou não às fórmulas de super-heróis. Esse conselho coincidiu com a intenção da Marvel de renovar seu rol de personagens, e a partir daí vieram os Vingadores originais, o Doutor Estranho, o Quarteto, os X-Men, entre muitos outros heróis exaltados hoje no cinema.
Com a ajuda de Steve Ditko (com quem imaginou o Homem-Aranha) e Jack Kirby (parceiro na criação de Hulk, Thor e Homem de Ferro), Stan Lee deu início à ideia de um universo compartilhado para as histórias dos heróis da Marvel no início da década de 1960, o que culminou em diversas sagas que envolviam heróis diferentes e serviu de base para o universo cinemático em que habitam os filmes da empresa. Ditko morreu em junho, brigado com Lee.
Por falar neles, aliás, Stan Lee é o ator que mais estrelou longa-metragens de heróis. Em todas as adaptações cinematográficas de quadrinhos da Marvel, mesmo nas produções da Fox (X-Men, Deadpool) e da Sony (Homem-Aranha), ele faz participações especiais curtas, porém aguardadas pelos fãs. Existe, inclusive, uma teoria não confirmada de que todos os personagens interpretados por Stan Lee no cinema seriam a mesma pessoa.
Embora não tenha efetivamente lutado, Stan Lee serviu o exército durante a 2ª Guerra Mundial (1939-1945), e retornou às atividades quadrinisticas após cumprir as obrigações militares. A função de Stan Lee, intitulada “playwright” (algo como “roteirista”), consistia em escrever e adaptar textos e foi compartilhada no exército americano por pouquíssimos nomes, como o dramaturgo William Saroyan, o cineasta italiano Frank Capra e o também cartunista Theodore Geisel.
Por mais que sua contribuição pelos quadrinhos de super-heróis tenha sido voltada quase exclusivamente à Marvel, Stan Lee figura nas páginas de algumas HQs da empresa rival, a DC Comics. Quando seu parceiro de longa data Jack Kirby trabalhou na DC, ele criou Funky Flashman, personagem secundário de Mister Miracle (1972). Sem poderes sobre-humanos ou qualquer passado, Funky foi tido por muitos como uma sátira de Stan Lee, embora essa informação não seja canônica.
Repercussão A atriz Kaley Cuoco, que interpreta Penny na série The Big Bang Theory, lamentou a morte de Stan Lee em suas redes sociais: “Ele deixou sua magnífica marca em nossa série de tantas maneiras e nós estamos eternamente gratos. Eu adorava suas visitas, abraços e fantásticas histórias. Ele era um super-herói épico e eu nunca o esquecerei”, escreveu.
Fonte-http://www.jairsampaio.com/ 

Horóscopo: Previsões astrológicas para essa essa terça-feira, dia ( 13/11)


Resultado de imagem para www.horoscopo.com
Imagem Reprodução/SonhosBR
Áries: 
Não serão as mesmas pessoas, porque coisas acontecem e algumas delas pegam outro caminho. Não serão as mesmas pessoas, porém, mantenha firmes seus projetos, porque esses não passarão, serão realizados com perfeição.
Touro:
Uma iniciativa que não dá certo é sobrelevada por muitas outras que acertam no alvo. Procure surfar com naturalidade e alegria pelas ondas de hoje, porque está tudo misturado e não vale a pena se angustiar com nada.
Gêmeos:
Tão rápida quanto chegou, foi-se embora a nuvem escura que tornava seus pensamentos e emoções muito densas. Assim são as coisas, a vida é dinâmica e sua alma é muito sensível a esse movimento. É só acompanhar.
Câncer:
Há momentos em que perder o controle não é algo negativo, pois, se você detivesse as rédeas na sua mão seguiria em frente com seus planos, ao passo que a vida, com seus mistérios, tentaria lhe dizer para mudar tudo.
Leão:
Nem tudo que você tentou fazer ontem deu bons resultados, mas isso é irrelevante, porque não terá sido esforço em vão, há coisas que dão frutos ao longo do tempo, tão longo que a alma perde o fio da meada e se esquece.
Virgem
A alegria não há de ser exclusiva do divertimento, a alegria há de ser desfrutada também nos momentos em que você cumpre tarefas, porque esse estado de ânimo é o único capaz de resolver até os problemas mais cabeludos.
Libra:
O que você esperava acontecer não deu certo, mas ao mesmo tempo surgiram outras questões que você não tinha previsto e que servem de suporte para você seguir em frente e jogar um bom jogo. Abra-se ao inesperado.
Escorpião:
Você saberá que não deveria ter dito o que disse, depois de tê-lo dito, e aí será tarde, porque palavras proferidas não podem mais ser retiradas. Dá para consertar tudo, mas é preciso muito boa vontade para isso.
Sagitário:
Seu faro está comprometido, por isso não seria bom que nesta parte do caminho você levasse a sério tudo que considerar uma intuição. É melhor investigar antes de tomar medidas sobre essas aparentes boas intuições.
Capricórnio:
Ainda que não tenha dado certo o que você queria, não terá sido tempo perdido a tentativa, porque se abrirão portas e janelas onde antes não havia nada além do que obstáculos. Tentar é imprescindível. Continue.
Aquário:
A vida é cheia de mistérios, o que parecia estar contra seus planos acaba se tornando favorável como que por artes mágicas. Aproveite a onda, porque os mistérios não podem ser controlados, apenas desfrutados.
Peixes:
Cuide para não estacionar emocionalmente naquilo que eventualmente der errado, porque simultaneamente haverá muitas outras coisas dando certo. Não se trata de certo ou errado, trata-se de seguir em frente.
Fonte: Diário Gaúcho
Créditos: Oscar Queiroga 

O bicho ta pegando...! Jornalismo global tem onda de estresse, depressão e infarto.


Jornalismo da Globo tem onda de estresse, depressão e infarto

Hum...! O bicho ta pegando...! Pois é, pelo, no pedaço global não está fácil para ninguém da equipe de jornalismo. De acordo com informações do Notícias da TV, a demissão da profissional Izabella Camargo nesta semana foi só apenas mais um caso que envolve problemas de saúde dos funcionários da maior emissora do país. Por lá 5 jornalistas, incluindo cinegrafistas, foram recentemente afastados por conta de depressão e estresse. Outros sofreram AVC ou infarto. Izabella foi demitida depois de passar um tempo afastada se tratando de uma síndrome de burnout. A jornalista chegou a ter apagões no ar. O site afirma ainda, sem citar nomes, que um veterano jornalista teve um colapso nervoso antes das férias, enquanto na Globo News, as maiores vítimas de surtos são os operadores de câmera. Nos bastidores, os profissionais atribuem os problemas de saúde ao clima de pressão, insegurança e frustração no local de trabalho.
Fonte: Noticias ao Minuto
Foto: Reprodução/Globo
Fonte-http://www.walterbatista.com.br/

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Chuvas são insuficientes e Paraíba e Ceará sofrem com falta d’água

As chuvas deste ano não foram suficientes para encher os reservatórios de boa parte do sertão nordestino, depois de anos de seca. “As chuvas deste ano foram bem melhores do que ano passado, embora ainda estejamos numa situação bastante crítica devido às chuvas ocorridas nos últimos anos, que foram abaixo da média”, diz a meteorologista Marle Bandeira.
Dos 233 municípios paraibanos, 176 estão em situação de emergência por causa da seca. Significa dizer que 80% das cidades estão sofrendo com falta d’água. Em todo o estado, 128 açudes são monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). Mais de 50% estão com menos de 20% da capacidade.
Em boa parte da zona rural de Boqueirão, Cariri da Paraíba, a água só chega de carro pipa, e apenas uma vez por mês. Por isso, os agricultores cuidam das cisternas como se fossem ouro. O açude de Boqueirão abastece 19 cidades. Além da chuva, conta com a água da transposição do rio São Francisco. Os produtores que vivem pertinho do açude só podem irrigar plantações com até meio hectare.
No Ceará, a situação não é diferente. Hoje, a capacidade hídrica do estado é de pouco mais de 12%. A reserva deve garantir o abastecimento humano apenas para os próximos três meses. Na cidade de Granjeiro, por exemplo, desde 2015 os moradores enfrentam escassez de água. O único reservatório da cidade, o açude do Junco, secou, e apenas este ano recuperou um pouco do volume que havia perdido. Mas a qualidade da água nas torneiras não é a ideal.
Fonte-https://robsonpiresxerife.com/

Whatsapp vai começar a apagar mensagens antigas

A partir desta segunda-feira (12) o whatsapp vai apagar todos os arquivos de conversas com mais de um ano no sistema operacional Android. A ação é resultado de um acordo feito pelo aplicativo (que pertence ao Facebook) e o Google para que todas as conversas, fotos e vídeos enviados sejam armazenados no Google Drive, o serviço de hospedagem de arquivos do buscador.
Em um comunicado na página do WhatsApp, a empresa emitiu o alerta. “Para evitar a perda destes dados, recomendamos que se faça uma cópia de segurança dos seus dados no WhatsApp antes do dia 12 de novembro de 2018.” Quem usa o sistema da Apple não será afetado porque a empresa já possui um acordo com o aplicativo de conversas para que os usuários de iPhone possam guardar seus dados na nuvem iCloud. Os outros usuários precisam backup de suas conversas antes de 12 de novembro para não perder seus arquivos.
Fonte-https://robsonpiresxerife.com/

Domingo de churrasco na casa de Jair Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro saiu de casa pela manhã neste domingo (11) e, conforme sua assessoria de imprensa, foi ao banco sacar dinheiro a fim de realizar um churrasco para sua equipe de segurança.
Em seguida, Bolsonaro passou pela orla da praia, cumprimentou apoiadores e posou para fotos. A assessoria do presidente eleito divulgou fotos e vídeos do passeio neste domingo, bem como do churrasco na casa dele, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Em um dos vídeos, Bolsonaro apareceu fazendo o fogo para o churrasco. Ele estava vestido com uma camisa do América, clube de futebol do Rio – o presidente é torcedor do Palmeiras e costuma afirmar que no Rio torce para o Botafogo.
Bolsonaro tem previsão de retornar a Brasília, onde funciona o gabinete de transição do governo, na próxima terça-feira (13) pela manhã.fonte-http://www.jairsampaio.com

domingo, 11 de novembro de 2018

Poderosa...! Anitta lança seu primeiro EP com 3 músicas inéditas

Hum...! Poderosa...! A cantora tudlo de bom.com, Anitta, também  lançou nesta sexta-feira (09/11) o primeiro EP de sua carreira, “Solo”, composto por 3 músicas e clipes, cada um em um idioma (português, espanhol e inglês). Os vídeos têm direção de João Papa e já estão disponíveis em seu canal do Youtube (@Anitta). “Eu estou muito feliz com os resultados. A ideia é que esse EP pudesse me aproximar de certa forma de todos os meus fãs, no Brasil e fora dele”, conta ela. Para este trabalho, a cantora optou por não ter colaborações vocais. Daí o nome: "Solo".
“Veneno”, canção em espanhol, é a primeira música do EP. Logo nas primeiras cenas do clipe, Anitta aparece envolvida por dezenas de cobras. Nele, a cantora domina e encanta as serpentes da mesma forma que o veneno faz com o corpo de uma pessoa. O jogo de palavras faz referência a um jogo amoroso. “É como brincar com fogo: é perigoso, mas atraente”, explica a Anitta.
"Não Perco Meu Tempo", canção em português, é a segunda música de "Solo". A letra fala sobre relacionamentos, autoestima e sobre pessoas que não valem a pena. No clipe, vemos mais de uma Anitta. A cantora interage com ela mesma em diversos momentos e discute sobre as suas indecisões e sobre quais seriam as atitudes certas e erradas a tomar. Ela não segue seus próprios conselhos e, nos vídeos, beija 24 pessoas de diferentes gêneros, sexualidades, alturas, pesos, cores e estilos, sempre terminando sozinha. No fim, até mesmo a sua "consciência" a abandona.
Terceira e última música de "Solo", "Goals" fecha o EP com chave de ouro. A música foi produzida por Pharrel Williams e fala sobre autoestima, brilho e amor próprio. "É uma letra linda, me apaixonei no momento que ouvi e me inspirei nela para ter a ideia do clipe. Quis fazer algo que tivesse um grande efeito visual, com muitas luzes e estrelas. É um vídeo extremamente lindo e, ao mesmo tempo, simples. É um dos trabalhos mais bonitos que já fiz", se orgulha a artista.
Fonte: Portal CNews
Foto: Divulgação 
Fonte-http://www.walterbatista.com.br/