Fm Jardim

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Se ligue ai! No jeito Alexandre Frota de ser, sem medo e nem papas na língua...!


Hum...! Sem papas na lingua e sem medo e nem  nada,  o ator tudo de bom.com, Alexandre Frota, diz que  "A prioridade é do Fernando Meirelles", para fazer um possível filme de ficção baseado em sua biografia, "Identidade Frota: A estrela e a escuridão", que foi escrita por Pedro Henrique Peixoto em forma de livro, e deve ser lançado em outubro, pela BB Editora, para coincidir com o cinquentenário do artista. "Não li a biografia, mas sei que a vida do Alexandre tem os elementos necessários para um personagem de uma boa história, conflitos, polêmica, sobes e desces. Pessoalmente não penso em fazer biografias depois de ‘Nemesis’, uma espécie de biografia do Aristóteles Onassis na qual estou envolvido", contou Fernando Meirelles ao G1. Para 2014, a O2 Filmes está desenvolvendo o roteiro de uma série para a TV paga baseada em uma ideia de Alexandre  Frota. Tanto o biografado quanto o biógrafo,  fazem questão de reiterar que “não é um livro de fofocas, sensacionalista, nem chapa branca”. “Se vai criar distúrbios, críticas e serei julgado, não importa. É a minha história. Quem sabe depois não vem a ‘Supremacia Frota’,  e, para terminar, o ‘Ultimato Frota’”, diz o ator e apresentador. Alguns pontos polêmicos de sua carreira, que não são poucos..., foram difíceis de transformar em literatura, além de conflitos que arranjou em algumas emissoras de TV, Frota passou por uma fase de envolvimento com drogas. “Quero mostrar uma história coesa, da estrela que fui e sou a escuridão em que vivi, drogado, caído no canto de um quarto de hotel de quinta, chorando porque estava me matando, com um prato de cocaína e uma garrafa de vodka quente pela metade nas mãos”, revela Alexandre Frota. “As pessoas vão rever seus conceitos sobre o Alexandre. Algumas vão ficar penalizadas com o sofrimento dele. Ele apanhou muito da vida, foi massacrado”, diz o escritor. Peixoto conta que “Não tem espaço para monotonia, cada capítulo é um assunto diferente. Nesse livro ele está tendo a oportunidade inédita de passar a vida inteira a limpo”. Todo o material para o livro será usado em um documentário feito também por Peixoto. “O filme vai focar no presente dele e fará ligações com toda a sua história”, conta o scritor. Perto dos 50, Alexandre  Frota diz que vive intensamente e brinda todos os dias por estar vivo. “Tenho saúde, uma família linda, estou limpo e sobrevivi. Existe luz no fim do túnel".
Foto: Pressfoto/Divulgação/http://www.walterbatista.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.