Fm Jardim

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Neymar erra 26 conclusões em jejum e rebate cobrança: "significa nada"

Atacante não marca há nove jogos e, no período, viu seu aproveitamento em finalizações cair para 38% entre acertos e erros no Santos e na Seleção


Neymar tem queda significativa em aproveitamento de finalizações nos últimos jogos Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Desde que balançou a rede aos 9min do segundo tempo do amistoso entre Brasil e Chile, no dia 24 de abril, Neymar não sabe o que é comemorar um gol. O longo período compreende nove partidas e 842 minutos de seca, mas o atacante disse que o índice não “significa nada” às vésperas da estreia do Brasil na Copa das Confederações, sábado, em Brasília, contra o Japão.


Em entrevista na quinta, Neymar mostrou irritação ao tentar tirar a pressão para que o jejum se encerre. Vale lembrar que, atuando com o time principal da Seleção, o atacante ainda não marcou gols em cinco jogos neste ano. Ele encerrou a era Mano Menezes como artilheiro com 21 gols em 34 jogos.
 “Nada, significa nada (o jejum). Não é isso que vai mudar nada. Independente de fazer o gol ou não, estou ajudando a Seleção de outra forma. Claro que quero fazer gol todo dia, toda hora. Mas se não está saindo, paciência. Se não vem, tenho que trabalhar para que no melhor momento os gols possam sair”, afirmou.

Neste período, de acordo com levantamento feito a partir de números da Footstats, Neymar não cansou de concluir ao gol. Ao todo, foram 42 arremates, mas apenas 16 tiveram a direção correta. Os outros 26 foram para fora do alvo. O aproveitamento entre erros e acertos é de apenas 38%.

O ponto baixo na má pontaria de Neymar ocorreu na vitória contra a França, no último domingo. O atacante errou as quatro finalizações que tentou. Destaca-se ainda a sua fraca performance na final do Campeonato Paulista na Vila Belmiro, quando passou a partida contra o Corinthians sem dar um único chute.

A queda na produção fez com que Neymar perdesse o posto de jogador mais efetivo da Seleção Brasileira para Fred, que com Felipão já marcou quatro gols e deu uma assistência. Nestes cinco jogo com a equipe principal em 2013, o camisa 10 tentou 22 vezes acertar o gol adversário. Deu trabalho ao goleiro apenas em oito.
Fonte:http://esportes.terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.