Fm Jardim

terça-feira, 17 de abril de 2012

Familiares de F.Gomes receberam homenagem na Assembleia Legislativa

 
O jornalista policial F Gomes, assassinado em outubro de 2010, recebeu, na manhã de hoje na Alern, uma justa homenagem daquela casa legislativa. Em sessão solene que fez alusão ao dia do Jornalista,o presidente Ricardo Motta (PMN), propositor da honraria,recebeu a família do saudoso radialista e disse que o jornalismo é mais do que uma profissão, mas uma missão nobre exercida por aqueles cuja responsabilidade social é um dom e uma profissão de fé: “É o protetor dos mais humildes, o guardião da lisura, o fiscal da sociedade.

“A notícia não se anuncia, é o imprevisível que conduz à tensão natural de uma profissão capaz de unir talento, vocação e sacrifício. Aqui estão os representantes das gerações que construíram e mantém viva a história da missão de informar e formar opinião. Um exemplo é o do seridoense F. Gomes, covardemente assassinado em Caicó no exercício de sua atividade profissional, numa barbaridade que não se admite num mundo que todos nós sonhamos, de humanidade, fraternidade e acesso à informação. Transmito a minha solidariedade à sua família e clamo por Justiça nesse crime bárbaro”, disse o presidente.

Ainda foram homenageados os jornalistas Paulo Tarcísio Cavalcanti, Carlos Peixoto, Edilson Braga, Virgínia Coelli, Margot Ferreira, Daniele Freire, Thaísa Galvão, Laurita Arruda, Bosco Afonso e Franklin Machado e in memoriam,além de F, Eugênio Netto, Hélio Cavalcante e Nilo Santos. 
 
Via: V&C

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.