Fm Jardim

terça-feira, 27 de março de 2012

O ex-baxista Billy da Banda Legião Urbana, após se afundar nas drogas, vive na miséria como morador de rua no Rio de Janeiro-RJ.


( Foto: Reprodução/fuxico )

O ex-baixista e ex-compositor  do grupo  Legião Urbana,  Renato Rocha, o "Billy ou Negreti", mesmo com os 20 milhões de discos vendidos pelo grupo logo no início da trajetória, se afundou no submundo das drogas. Na noite deste  domingo, dia  (25/03),  no programa Domingo Espetacular, da Rede  Record, mostrou que o ex-musico, vive como morador de rua,  e desde que foi expulso da Banda  Legião Urbana, em 1989, deixou sua vida se transformar em uma miséria. O ex-músico  que em 2002, disse ao jornal Zero Hora, de Porto Alegre-RS,  afirmou que o dinheiro que recebe com os direitos autorais das músicas do período em que fazia parte do grupo Legião Urbana,  é muito pouco, o que o obrigou a viver e a vagar pelas ruas do Rio de Janeiro. Renato Rocha vive na miséria nas ruas cariocas, ao lado de outros sem tetos. Renato Rocha passou a integrar a Legião Urbana em 1984, logo que o grupo comandado por Renato Russo assinou contrato com a EMI. Na época, Renato Russo havia cortado o braço,  e não podia usar o instrumento por um tempo. Renato  Rocha era amigo de Marcelo Bonfá, o baterista da Legião Urbana, o  que facilitou sua entrada no grupo. Junto com Renato Russo, o baixista compôs canções de sucesso como Quase sem Querer e Daniel na Cova dos Leões. Em 1989, o músico saiu do grupo.
Fonte:http://gentequefazeacontece.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.