Fm Jardim

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Potiguar sobrevivente da queda de avião fala com família por telefone


SGTO.RN

A família do piloto potiguar José Ananias da Silva Pereira, de 26 anos, acabou de falar por telefone com ele. Segundo a tia Nadja Pereira, José está bem, mas bastante cansado.
“Pelo que entendemos, o avião caiu em um rio e ele por pouco não morreu afogado. Ele disse que teve que salvar outros tripulantes e andou por vários minutos dentro da mata”, disse Nadja.

José Pereira deve chegar em Natal ainda este final de semanda, segundo o comandante informou à família. “Tudo vai depender da disposição dele. Ele está tranquilo mas disse que a ficha ainda não caiu, e está triste por ter perdido um companheiro”.
Desde que souberam que o acidente tinha acontecido, a família de José Ananias se reuniu na casa dos seus avós, onde fizeram uma vigilia esperando notícias positivas. Quando a informação de que o piloto estava vivo, os familiares comemoraram, soltando fogos de artifícios e fazendo uma corrente de orações, que foi acompanhada por vizinhos.

Os nove sobreviventes do acidente estão em um hospital na cidade de Cruzeiro do Sul e no início da noite seguem para Manaus (AM).
O avião de modelo Cessna C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB) desapareceu na região da Amazônia, na manhã de quinta-feira (29). Segundo o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, a aeronave partiu de Cruzeiro do Sul (AC) com destino a Tabatinga (AM).
A aeronave com quatro tripulantes e sete passageiros e foi encontrado por integrantes da tribo Matis dentro da Floresta Amazônica, entre as Aldeias Aurélio (da Tribo dos Matis) e Rio Novo (da Tribo dos Murugos), próximo ao Rio Ituí, afluente do Rio Javari.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.