Fm Jardim

sexta-feira, 22 de março de 2013

Previsão é de chuvas abaixo da média

A Tribuna do Norte também destaca que meteorologistas do Nordeste estiveram reunidos ontem na última reunião de análise climática para o leste da região.  A reunião aconteceu no Recife (PE), e contou com representantes da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn) e dos centros de meteorologia de outros seis estados. Infelizmente a previsão para os próximos três meses não é animadora: “chuvas abaixo da média” em quase todo o Nordeste.
O boletim divulgado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), avalia as chuvas que caíram no Nordeste brasileiro no mês de fevereiro. “Para o período de abril a junho de 2013 a previsão de consenso é de chuvas variando de normal a abaixo da média histórica para o setor Leste do Nordeste brasileiro, e permanência  de chuvas abaixo da média nas demais áreas do Nordeste”.
Contudo, os meteorologistas também relataram, no documento, que “não está descartada a possibilidade de ocorrências de chuvas de intensidade moderada a forte, com alta variabilidade temporal e espacial em áreas da Região Nordeste, sendo de fundamental importância o monitoramento contínuo das condições atmosféricas sobre a região e as condições oceânicas e atmosféricas globais”. Isso deverá ocorrer principalmente em Alagoas e Sergipe.
No Rio Grande do Norte, choveu em 13 municípios entre as 7h da manhã de quarta e as 7h da manhã de ontem, segundo boletim divulgado pela Emparn. As maiores precipitações foram registradas em Frutuoso Gomes, no Alto Oeste (15 milímetros), e em São Fernando, no Seridó (14,7 milímetros).
O relatório traz detalhes sobre as condições meteorológicas que motivaram a previsão. “Anomalias negativas” foram registradas por causa do “posicionamento mais ao Norte da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)”. A ZCIT é o principal sistema meteorológico responsável pela ocorrência de chuvas no semiárido nordestino. A próxima reunião de análise climática dos meses de julho a setembro será realizada em Alagoas, sob a coordenação do Departamento de Meteorologia de Alagoas (DMET).
Fonte:blog Cardoso Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.