Fm Jardim

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Bento XVI reconhece gravidade da renúncia

O papa Bento XVI, em seu último pronunciamento feito na manhã de hoje (27), reconheceu a "gravidade e inovação" de sua decisão, mas afirmou que renunciou pelo bem da Igreja. Aplaudido na praça São Pedro, no Vaticano, ele voltou a justificar sua sáida por "sentir suas forças diminuírem" e era preciso "ter coragem de fazer escolhas sofridas".
Em seu discurso de despedida ele agradeceu os membros da Igreja mais próximos, como o cardeal e secretário de Estado, Tarcisio Bertone, lembrando que "nunca se sentiu só na condução da Igreja". Ele citou também as manifestações de apoio que vieram após a notícia de sua renúncia, de fieis de todo o mundo. Apesar de dizer que o pontificado é um peso muito grande, ele fala que continuará "de maneira nova perto do Senhor crucificado".
ercorrendo a praça em seu papamóvel por cerca de dez minutos, ele cumprimentou os presentes e beijou algumas crianças. A expectativa era que cerca de 50 mil fiéis acompanhassem a cerimônia, de acordo com o porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi. O número oficial de presentes ainda não foi divulgado.
Na manhã de seu último dia, esta quinta-feira (28), o Papa deve se reunir com os cardeais que estão em Roma. A previsão é que ele deixe o Vaticano de helicóptero, em direção à Castel Gandolfo, no sul de Roma, para a residência de verão, por volta das 17h15, 13h15 no horário de Brasília. Ele deve morar lá nos próximos dois meses e a Sede Vacante, período em que a Igreja fica sem Papa, começará às 20h, no horário local.
Fonte : Alcebiades Fernnades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.