Fm Jardim

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Amazan reafirma não ter recebido um centavo sequer da prefeitura para gravar DVD em Jardim do Seridó

3781 Amazan Silva
Quem entrou em contato com nosso Blog foi o candidato a prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva (PSD). Para dar sua versão às acusações de seus adversários, de que o mesmo teria recebido recursos públicos, na época em que seu candidato à vice Dr. Edimar Medeiros era prefeito, para gravar um DVD na praça pública de Jardim do Seridó. Os valores correspondentes à nota fiscal enviada ao Blog pela coligação adversária, de acordo com Amazan correspondem ao cachê de dois shows, o dele e o de Luizinho de Irauçuba, contratado pela prefeitura por causa da realização a festa de padroeiro em Jardim do Seridó. “O que fiz foi aproveitar a oportunidade que realizaríamos estes shows, e trouxe toda uma estrutura de palco, som, gerador, arquibancada, paga pelos meus patrocinadores oficiais, e jamais pela prefeitura de Jardim do Seridó, para gravar meu DVD. Não recebemos um centavo sequer da prefeitura para a gravação. Fomos contratados para fazer shows, por um preço inclusive muito inferior ao de mercado na época, e aproveitei a oportunidade, juntei a estrutura para gravar o meu DVD”, explicou.
Amazan disse não entender porque a polêmica em torno disto, pois quem lucrou foi o municipio, por não só ter feito uma grande festa no dia do show e da gravação, e por ter levado o nome de Jardim do Seridó para o mundo. “O valor questionado na nota não daria pra gravar sequer um “making of” de um DVD, quanto mais a estrutura que montamos e os extras que gravamos neste trabalho.  O show foi uma coisa e o DVD foi outro. Os demais artistas do DVD, Os Nonatos, Os tropeiros da Borborema, Calango Verde sequer cobraram cachês para participar da gravação”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.