Fm Jardim

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Bibi Costa, com toda sua “paciência” promete montar palanque forte sob seu comando em Caicó


2772
Ninguém subestime os planos políticos do prefeito Bibi Costa (PR) para as eleições deste ano. Avesso a muitas entrevistas e contido nas suas declarações à imprensa, o prefeito chega a usar termos engraçados, como o recente “paciência” ao responder a famosa pergunta: quem é o seu candidato, Bibi? Ao ver todo o seu PR se aliar as forças partidárias em prol da eleição de Roberto Germano (PMDB), para muitos seria mais fácil Bibi também marchar no mesmo projeto. Mas, diante de um vazio que ficaria no comando da oposição, principalmente ao governo Rosalba Ciarlini (DEM), Bibi preferiu adotar o estilo dos monges, e aos poucos vem conseguindo assumir o comando da oposição em Caicó.
Ao Blog, pessoas próximas do prefeito adiantam duas, das muitas lutas que Bibi tem se dedicado nos últimos dias: a primeira é unir toda a sua Família Costa, e há quem garanta não ser uma missão impossível. Bibi, conhecido pela sua habilidade de conciliador, não vem dando um passo sequer, sem o acompanhamento dos seus mais chegados familiares, a começar dos irmãos.
O outro desafio é atrair para seu projeto o maior número de partidos e lideranças estaduais. Já conseguiu alguns importantes, dentre eles a ex-governadora por dois mandatos, Wilma de Faria (PSB), o vice-governador e presidente do PSD estadual, Robinson Faria, a deputada federal Fátima Bezerra (PT), os deputados estaduais Vivaldo Costa (PR) e Fernando Mineiro (PT), além do vice-prefeito Gilberto Costa (PR), e uma considerável bancada de vereadores na Câmara Municipal de Caicó e dezenas de lideranças comunitárias.
Quem será seu candidato? Isso ninguém sabe, mas uma das cautelas de Bibi tem sido não insistir no mesmo erro de muitos de seus aliados, dentre eles o próprio Vivaldo Costa, seu irmão. Bibi tem adotado o discurso de que não adianta lançar um nome de forma antecipada, sem que ele tenha o substrato politico e reúna as condições de enfrentar as urnas. O prefeito sabe da responsabilidade que tem em mãos, desde quando recebeu dos seus vereadores aliados Leleu Fontes, Valdemar Araújo e Milton Batista o comando da sucessão. Por isso acredita que chegou a hora de consolidar o palanque da “bandeira vermelha”, depois de ter cumprido a etapa de fortalecer seu grupo com lideranças e legendas importantes.
O próximo passo é escolher o nome... E com “paciência”, ninguém se engane, Bibi vem trabalhando como ninguém, para viabilizar seu projeto e sua participação na sucessão caicoense.
Fonte:Marcos Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.