Fm Jardim

domingo, 15 de abril de 2012

Sem estrelas, Fla vence Americano, evita vaias e enfrenta Vasco na semi



FLAMENGO HEXACAMPEÃO, último jogo, Flamengo x grêmio em dvd - Rio de Janeiro - RJ - Brasil

O Flamengo entrou no gramado do Engenhão já classificado para as semifinais da Taça Rio e, por isso, poupou suas estrelas. Coube ao mistão garantir a liderança do grupo A do torneio. Os comandados de Joel Santana fizeram o necessário para vencer o Americano. E com o 3 a 1 obtido neste domingo, a equipe rubro-negra manteve a ponta, evitou a hostilidade da torcida presente e, agora, enfrenta o rival Vasco na briga por um vaga na final do segundo turno do Estadual.
Após a eliminação precoce na Libertadores, o foco do Flamengo ficou todo voltado para o Carioca. Mas como já entrou em campo classificado, o time da Gávea se permitiu poupar suas estrelas: Ronaldinho Gaúcho (dores na perna direita), Vagner Love (dores no joelho direito), Léo Moura (dores no joelho direito) e Willians (coxa esquerda) ficaram de fora da partida.
Sem as estrelas, o Flamengo foi ao Engenhão apenas para ‘cumprir tabela’ e tentar ratificar a primeira colocação do grupo A da Taça Rio. Logo nos primeiros minutos, os comandados de Joel Santana foram para cima para alcançar seu objetivo diante de um adversário que venceu apenas uma vez no segundo turno do Estadual. Aos 8min, Kleberson deu o primeiro susto no Americano. O meia arriscou de fora da área e acertou o travessão.
A tranquilidade que pautou o primeiro tempo foi obtida logo aos 11min. Diego Maurício sofreu pênalti e, na cobrança, Deivid abriu o placar. O camisa 9 bateu rasteiro no canto direito de Erivelton – que acertou o lado, mas não impediu o gol rubro-negro. O Americano respondeu no minuto seguinte após escanteio. Adalberto subiu na primeira trave e cabeceou para boa defesa do goleiro Felipe.
O calor e a classificação antecipada fizeram o Flamengo diminuir o ritmo e o jogo ficou cadenciado demais. A equipe da Gávea só voltou a levar perigo aos 31min em chute forte e rasteiro de Kleberson, interceptado por Erivelton. Dez minutos depois, foi a vez do Americano assustar. Em cobrança de falta na esquerda batida direta para o gol, Marllon desviou contra o próprio gol, mas Felipe se esticou para impedir o empate.
O Flamengo ainda teve outra boa oportunidade marcar. Luiz Antônio fez bela jogada pelo meio e deu ótimo passe para Thomas. O camisa 20 usou o jogo de corpo e apenas deu um toque para tirar do goleiro, mas a bola passou à direita da meta de Erivelton. E o primeiro terminou mesmo apenas 1 a 0 para os rubro-negros.
O ritmo lento foi mantido no segundo tempo. E o Flamengo pagou por isso. Aos 25min, Diego ganhou na corrida dos zagueiros rubro-negros e chutou para empatar. Por seis minutos, a equipe de Joel Santana teve que conviver com as vaias da pequena torcida presente no Engenhão. Kleberson deu fim à hostilidade ao recolocar o time da Gávea na frente do placar. O meia aproveitou cruzamento de Negueba e marcou de cabeça. Deivid ainda ampliou aos 41min em chute cruzado no canto direito de Erivelton e a equipe saiu em paz com os fãs.
 Fonte:Uol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.