Fm Jardim

domingo, 22 de abril de 2012

MORRE O LOCUTOR E SONOPLASTA JORGE LUIZ, AOS 57 ANOS

Luiz estava doente há quatro anos e tinha problemas cardíacos e de hipertensão.
O locutor Jorge Luiz faleceu, aos 57 anos, na manhã de domingo (22) em sua casa. De acordo com sua viúva, Dona Ione, Luiz estava doente há quatro anos e tinha problemas cardíacos e de hipertensão. Ele teve dois AVCs. Dona Ione falou a equipe do Nominuto.com que o locutor tinha sofrido uma trombose há duas semanas.

De acordo com o laudo médico, a morte foi causada por falência múltipla de órgãos, o velório acontece no Centro de Velório São Francisco. De acordo com o locutor Rô Medeiros, amigo de Jorge Luiz, o enterro será no Cemitério Park, em Nova Descoberta, na segunda-feira (23), às 9 horas.

“A minha vida era ele, estou horrível. Eu vivi muito a vida dele, nesse período de dificuldades”, falou a viúva. Ele também deixou três filhos.
Arquivo Nominuto
Jorge Luiz era um profissional versátil e dos mais criativos do rádio potiguar.

"Jorge Luiz foi um dos grandes profissionais do rádio que conheci ao longo da minha carreira. Bom sonoplasta, versátil, rápido e conhecedor da comunicação radiofônica. Ele marcou época como um dos primeiros profissionais da equipe do Jornal 96. E colaborou muito para consolidar o padrão de qualidade do programa", declarou Diógenes Dantas, editor-chefe e apresentador do Jornal 96.

Jorge Luiz Gouveia era do Rio de Janeiro e trabalhou em algumas rádios cariocas. Na década de 1980 veio para Natal e trabalhou por 25 anos na rádio 96 FM.  Primeiramente, ele começou o trabalho como operador de áudio e depois, começou fazer as locuções. O locutor estava afastado das rádios, devido aos seus problemas de saúde.

“Um momento de dor para o rádio de Natal, porque ele viu o surgimento das rádios FM na cidade. É uma perda irreparável”, disse o locutor da rádio 96 FM, Guiba Melo.

Ênio Sinedino, diretor da 96 FM, disse que a notícia do falecimento do locutor foi uma surpresa para a equipe da rádio e lamenta o ocorrido. "Apesar de sabermos a gravidade do seu problema de saúde, foi uma surpresa. Ele foi um dos maiores colaboradores do rádio. A gente está muito triste. É uma perda não só para a 96 FM, mas para o rádio natalense", respondeu.

Fonte:http://www.nominuto.com
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.