Fm Jardim

sábado, 24 de março de 2012

Em Mossoró a falta de leitos de uti’s tem causado transtornos e após a morte de uma mulher, ontem, poucas horas após o parto, a situação causou ainda mais polêmica


Jarcia Fameli tinha 23 anos de idade teria o segundo filho na manhã desta quinta-feira, 22/03/12. A cesariana foi realizada na casa de saúde Dix-Sept Rosado. Horas após o parto ela teve complicações no útero. Jarcia Foi levada para o hospital da mulher, recém inaugurado, onde receberia atendimento em uma Unidade de Terapia Intensiva.
De acordo com o diretor do novo hospital os procedimentos para salvar a jovem, duraram cerca de 40 minutos. A paciente nem chegou a sair da ambulância de Suporte Avançado “Alfa” do Samu, veio a óbito devido à gravidade.
Por telefone o diretor da casa de saúde, André Neo, disse que não faltou assistência e que lamenta o fato ocorrido. Já para o diretor do hospital da mulher, que era responsável pela UTI da casa de saúde Dix-Sept Rosado até o mês passado, a situação é mais do que preocupante.
Enquanto a situação não se resolve a mãe da vítima pede que seja feito algo para que não aconteça com outras mulheres o que aconteceu com a filha.
O diretor da casa de saúde Dix-Sept Rosado informou no final da tarde de ontem, sexta-feira (23), que um acordo com os cinco médicos da UTI - em greve há três meses e que alegam falta de pagamento e estrutura do local - foi assinado.
No domingo eles devem voltar ao trabalho e dois dos seis leitos voltarão a funcionar. Na próxima semana a expectativa é que os outros leitos também estejam à disposição das pacientes.

Informações: O Câmera /http://gardeniaoliveira.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.