Fm Jardim

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Mãe de Eloá diz que "nada vai suprir" sua dor e que Lindemberg terá tempo para "refletir sobre o que fez"

A mãe da Eloá Pimentel, Cristina Pimentel, afirmou nesta quinta-feira (16), logo após o anúncio da condenação de Lindemberg Alves pela morte de sua filha e outros 11 crimes, que “nada vai suprir” a sua dor. E que espera que o réu "reflita" sobre o que fez. “Nada vai suprir a minha dor, mas foi feita Justiça, porque pelo menos eu sei que ele vai ficar um tempo preso pra refletir sobre o que ele fez e não fazer com outras. É isso o que eu espero”.

Ao falar brevemente com jornalistas que aguardavam do lado de fora do fórum de Santo André, na Grande São Paulo, a mãe da vítima fez uma longa lista de agradecimentos, aos advogados, oficiais de Justiça, à promotora Daniela Hashimoto, e a juíza Milena Dias. “Quero primeiro agradecer a Deus. Se não fosse ele, não sei o que seria de mim (...) Agradeço a todos que estão aqui, aqueles que dormiram aqui, e eu não pude sair para falar, porque passei muito mal. Quero agradecer a todos, de coração”.

Lindemberg Alves, 25, foi condenado pela morte de sua ex-namorada Eloá, 15, após quatro dias de julgamento. A jovem foi feita refém por cerca de cem horas em outubro de 2008 em seu apartamento, localizado em um conjunto habitacional na periferia do município paulista. O crime considerado é o de homicídio doloso duplamente qualificado. Leia a sentença na íntegra.

  • Leandro Moraes/UOL

    Mãe de Eloá aparece em janela do Fórum de Santo André, na Grande São Paulo, e acena para as pessoas que estão do lado de fora, após condenação de Lindemberg

    Mãe de Eloá aparece em janela do Fórum de Santo André, na Grande São Paulo, e acena para as pessoas que estão do lado de fora, após condenação de Lindemberg

  • Fonte:uol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.