Fm Jardim

domingo, 20 de novembro de 2011

Morre no Rio o ator Adriano Reys

Morreu por volta das 9h30 deste domingo (20) o ator Adriano Reys. Segundo Vivi Cantinho, que era casada com o ator havia 29 anos, Adriano tinha 78 anos, sofria de câncer no fígado e no peritônio e estava internado no Hospital Copa D’Or, na Zona Sul do Rio, havia dez dias.

O velório será às 14h deste domingo, das 14h às 18h, na capela 2 do Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul. O corpo do ator será cremado daqui a 4 dias no Crematório do Caju, na Zona Portuária. O ator não deixa filhos.

Carreira
Adriano Reys nasceu no Rio de Janeiro em 20 de julho de 1934. Começou sua carreira artística no cinema já em 1953. Fez vários filmes, entre eles: “Os Três recrutas”, “É pra casar?”, “Dupla do barulho”, “Malandros da quarta dimensão”, “Leonora dos sete mares”, “Angu de caroço”, “O golpe”, “Aí vamos cadetes”, As sete Evas”, “No tempo dos bravos”, “Os apavorados”, “Garota de Ipanema”.

Como fez sucesso no cinema, foi chamado para a televisão. Na década de 70, esteve na TV TUPI de São Paulo aparecendo nas novelas como “Bel amy”, “Rosa dos ventos”, “Ídolo de pano”, “Ovelha negra”, “A viagem”, “Éramos seis” e “O direito de nascer”. Em meados de 1980, foi para a TV Globo. Fez sucesso nas novelas “Barriga de aluguel”, “Mulheres de areia” (Em exibição no remake Vale a pena ver de novo na globo), “Idade da loba” (na TV Bandeirantes), “Do fundo do coração” (na TV Record), e, por fim, “Kubanacan” (novamente na Globo).

Fonte:blog Cardoso silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.