Fm Jardim

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Emoção marca velório de Gustavo Queiroz, filho de Nélter Queiroz

O estudante Gustavo Queiroz, de 23 anos, morto na noite de ontem vítima de um acidente automobilístico, foi sepultado na tarde desta segunda-feira (14), no cemitério Morada da Paz, em Emaús. Em discursos emocionados, o pai do jovem, o deputado estadual Nélter Queiroz (PMDB), e o irmão de Gustavo, George, lamentaram a perda.

Aldair Dantas/TNonline

Centenas de amigos e familiares compareceram ao velório do filho de Nélter Queiroz
Centenas de amigos e familiares compareceram ao velório do filho de Nélter Queiroz

Contando com a solidariedade de amigos, familiares e políticos do Rio Grande do Norte, Nélter Queiroz expôs a tristeza durante a missa de corpo presente do filho. Falando aos presentes, o deputado disse que o carro que Gustavo guiava fora um presente que ele, Nélter, deu ao filho há pouco tempo. A escolha do veículo, uma Toyota Hilux, foi motivada por ser um carro mais seguro para o filho, acostumado a viajar pelo interior.

Aldair Dantas

Nélter Queiroz disse que tinha presenteado o filho com o carro recentemente
Nélter Queiroz disse que tinha presenteado o filho com o carro recentemente

George Queiroz, que discursou antes de Nélter, lamentou a morte do irmão e disse que a morte de Gustavo deveria servir como exemplo aos amigos presentes, argumentando que a combinação entre álcool e direção poderia levar outras vidas.

Gustavo Queiroz estava prestes a se formar em Direito, pela UnP, e iria prestar vestibular para Medicina, na Paraíba. O jovem e o motorista João Batista de Araújo, conhecido como Joãozinho, morreram em um acidente de carro na RN-118, em São Rafael, quando seguiam para uma vaquejada. Joãozinho foi com o grupo (que tinha mais dois jovens) para guiar o veículo, mas, segundo relatos da polícia, Gustavo Queiroz insistiu em dirigir quando iriam se deslocar para a festa.

Aldair Dantas

George, irmão de Gustavo, consolou o pai, durante o velório
George, irmão de Gustavo, consolou o pai, durante o velório
fonte: blog cardoso silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.