Fm Jardim

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Serra leva pancada na cabeça em confusão com militantes do PT no Rio

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, disse ter se sentido "grogue" após levar uma pancada na cabeça durante confronto entre militantes do PSDB e do PT. Ele participava de uma caminhada em Campo Grande, na zona oeste do Rio.

O presidenciável foi atingido por um rolo de adesivos na testa, logo acima do olho direito.

Serra chegou a colocar gelo na cabeça para amenizar a dor, mas não chegou a sangrar.

Ele foi levado para a Clínica Sorocaba, que fica em Botafogo, onde foi submetido a uma ressonância para descartar qualquer problema futuro.

O tucano se deslocou até a clínica num helicóptero. O candidato está na clínica e avalia se segue para o Maracanã para cumprir agenda de campanha.

"O PT tem tropa de choque. Não sei se foi previsto ou não, mas eles fazem no piloto automático. Lembra a tropa dos nazistas? É típico de movimentos fascistas", disse Serra.

Segundo o empresário Ronaldo Cezar Coelho, que acompanhava a caminhada, Serra foi atingido na saída de uma drogaria. "Fomos emparedados", afirmou.

O empresário, que sugeriu o cancelamento da agenda, afirmou que, na manifestação, havia um grupo liderado por um rapaz com rabo de cavalo de tom avermelhado. Ele é quem dava ordem de comando do grupo, de acordo com Coelho. O primeiro movimento dele foi contar o número de seguranças que acompanhava Serra, disse.

SINT-SAÚDE

Uma manifestação dos integrantes do Sint-Saúde (sindicato dos trabalhadores de agentes de combate às endemias) deflagrou a pancadaria entre militantes do PT e do PSDB.

O diretor da entidade, José Ribamar de Lima, e o candidato derrotado a deputado estadual Sandro Mata Mosquito (PT) foram ao local com cartazes feito a mão chamando Serra de "pior ministro da Saúde". Eles gritavam, acusando o tucano de ser o responsável pela epidemia de dengue em 2002.

Militantes tucanos puxaram e rasgaram os cartazes, e os grupos adversários começaram a briga.

Um grupo de militantes do PT chegou logo em seguida, deflagrando briga generalizada entre os militantes dos dois partidos.

Serra, neste momento, permanecia dentro de uma loja. O tucano decidiu voltar para o calçadão e manter a caminhada. Ele passou a ser o alvo dos gritos dos militantes, e ameaçou partir para cima dos petistas, mas foi contido por companheiros de chapa, entre eles o vice Indio da Costa (DEM). Xingou de volta alguns dos militantes.

De acordo com Indio, o rolo de adesivos foi tirado da mão de um apoiador de Serra e arremessado contra ele.


Rafael Andrade/Folhapress

Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/poder/817469-serra-leva-pancada-na-cabeca-em-confusao-com-militantes-do-pt-no-rio.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.