Fm Jardim

sábado, 23 de outubro de 2010

Secretaria de Saúde alerta para cuidados com o sarampo

Categoria: Rio Grande do Norte

A Secretaria Estadual de Saúde alerta a população para a manutenção das medidas de prevenção e controle da doença no Rio Grande do Norte. O alerta é motivado pela situação epidemiológica de sarampo que está existindo no vizinho estado da Paraíba.
Segundo a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Juliana Araújo, a população deve ter uma postura de vigilância e observar a manifestação de sintomas, como febre acima de 38 graus e manchas vermelhas no corpo. “Nesse caso, o médico deve ser procurado imediatamente”, aconselha Juliana Araújo.

A vacina contra o sarampo está disponível gratuitamente na rede básica de saúde e faz parte do calendário anual de vacinação. É também importante medida preventiva a observação da caderneta de vacinação, que precisa estar em dia, tanto para crianças, como para adultos. “O importante é manter a atenção no calendário de vacinas e procurar estar sempre em dia, não pode haver relaxamento”, acrescenta a subcoordenadora Juliana Araújo.
De acordo com os dados da Secretaria de Saúde, até o momento ainda não foram confirmadas ocorrências de sarampo no Rio Grande do Norte. No ano de 2008, o Estado realizou grande campanha de vacinação contra a rubéola. Na época, a população recebeu a vacina Dupla Viral, que também protege contra o sarampo.

A imunização
As crianças, a partir de 01 ano de idade, tomam uma dose, e um reforço posterior da vacina entre os quatro e seis anos de vida. Os adolescentes, na faixa etária de 11 a 19 anos, que tiverem tomado apenas uma dose da vacina, devem receber uma nova dose. Para os que não receberam nenhuma dose anterior, devem tomar duas doses da vacina, com intervalo de 30 dias entre a primeira e a segunda. Aqueles que já tomaram duas doses comprovadas (dupla ou tríplice viral) já estão imunizados.
Os adultos, na faixa etária entre 20 a 49 anos, ainda não vacinados, devem procurar o posto de saúde mais próximo para tomar uma dose da vacina. Se tiverem uma ou mais doses registradas em sua caderneta de vacinação (dupla ou tríplice viral), já podem se considerar vacinados e plenamente imunizados.

Fonte:Blog cardoso Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.