Fm Jardim

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Homem mata vizinho dentro de estabelecimento comercial

Um crime bárbaro chocou a população de Equador, no Seridó. Por volta das 17h desta segunda-feira (4) o agricultor Joaquim Souza de Morais, de 65 anos matou com porretadas e facadas seu vizinho, também agricultor Manoel Romão Bezerra, de 58 anos, ambos residentes no centro de Equador. O crime aconteceu no interior do Mercadinho do Genésio, que por sinal, é filho do acusado. De acordo com Sargento PM Almeida, comandante do Destacamento Policial da cidade, na versão do acusado, o crime foi praticado por uma antiga rixa. "Os dois não se batiam. O acusado me disse que a vítima sempre lhe insultava, mas deve ter sido por um motivo fútil", disse o policial.

De posse das imagens filmadas no interior do estabelecimento comercial, o comandante descreveu que quando viu a vítima entrar no local, Joaquim Souza chegou armado com um porrete de pau e uma faca peixeira, escondidos por trás das costas, e que depois disso passou a agredir a vítima, inicialmente com as porretadas. Joaquim chegou a ser contido pelo dono do mercadinho, seu filho, mas aproveitando que a vítima estava desacordada, passou a desferir cerca de três facadas. "Foi uma cena muito triste, enquanto o pai dava as facadas, o filho tentava tirar ele de cima da vítima, evitando que matasse o vizinho", disse o comandante.

Depois do crime o acusado ainda foi na sua residência e se armou de uma espingarda calibre 36, com 20 cartuchos e uma outra faca, mas quando tentava sair da cidade foi alcançado pelos policiais e preso em seguida. Sargento Almeida disse que o acusado é de um comportamento altamente agressivo, e que de acordo com o seu próprio filho, em tempos passados, Joaquim Souza tentou matar seu próprio neto. "Ele cismou que um neto dele ficava passando em frente à casa só pra lhe insultar e resolveu que queria matar o menino. Mas os familiares conseguiram amenizar a situação", finalizou o policial.

Fonte:Blog Marcos Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.