Fm Jardim

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

EXCLUSIVO! MULHER QUE TENTOU MATAR COMPANHEIRO COM GARGALO DE GARRAFA E ESFAQUEADA EM JARDIM DO SERIDÓ


A homicida Ana Lúcia Mendes, de 36 anos de idade, natural de Carolina – MA, que tentou matar a golpes de gargalo de garrafa no pescoço, seu atual companheiro, Alexandro Medeiros de Araújo, “Loprado” 30 anos, no dia 21 de novembro passado, no bar do Manézão que fica nas proximidades da BR 427 em Jardim do Seridó, foi esfaqueada no final da tarde desde domingo.

A vítima deu entrada no hospital Dr. Ruy Mariz por volta das 16h30minhs, após ter sido ferida com três cutiladas de faca, sendo uma no umbigo, uma no quadril e outra na mão. Ana Lúcia recebeu os primeiros socorros e em seguida foi encaminhada para a cidade de Currais Novos, onde foi submetida e cirurgias de reparação dos danos causados pelos ferimentos.

Segundo informações da enfermeira que acompanhou a paciente até a cidade de Currais Novos, a mesma não parava de dizer que quem a esfaqueou foi o seu companheiro, Alexandro Medeiros, e que se consegui escapar, irá matá-lo. “Foi Loprado, foi ele que me matou, foi ele que me furou, mas ele vai me pagar, se eu escapar eu vou matá-lo de qualquer jeito, ele vai morrer”! Gritava a vítima ao chegar ao hospital Ruy Mariz e durante a viagem a Currais Novos.

Ana Lúcia encontrava-se presa na delegacia de Jardim do Seridó, pelo crime de tentativa de homicídio contra “Loprado”, (Foto ao lado: no dia 21/11/09), mas foi solta pela justiça. A acusada já matou a facadas o ex-marido, Nailton, que era irmão de um Policial Militar, mas conseguiu sua liberdade, caso a mesma tivesse conseguido matar Alexandro, seria seu segundo crime em menos de um ano.

Ana Lúcia e Alexandro vivem uma relação de amor e ódio, e mesmo depois que saiu do hospital, Alexandro foi visitá-la na delegacia, onde entre as grades se beijavam como loucos apaixonados, e após a saída dela da cadeia, os dois freguentaram bares da cidade, onde as declarações de amor eram por vezes interrompidas pelas ameaças. “Eu botei pra te matar, você ia se f..., mas você tem sorte demais de não ter morrido, eu só dou pra ver o resultado”. Disse Ana Lúcia em um bar, referindo-se a tentativa de homicídio contra o amante.
Fonte:Blog Paulinho Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.