Fm Jardim

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Polícia investiga falsa funcionária de empresa que cobrava por cursos

A Polícia de Santana do Seridó está investigando uma mulher, que diz morar em Jardim do Seridó e estaria se passando por representante da Empresa Hering do Brasil. Com a promessa de abrir facções nos municípios de Parelhas e Santana do Seridó, a mulher cadastrou cerca de 500 pessoas, com cobrança de uma taxa de 5 reais de cada uma delas. As inscrições seriam para um curso de capacitação de Corte e Costura, no qual as pessoas iriam começar a costurar para a referida empresa.

Desconfiado da situação, alguns dos candidatos ligaram para a empresa, e foram informados que não existe nenhuma funcionária com o nome citado nas duas cidades, e muito menos que a Hering trabalha desta maneira, principalmente cobrando taxas para inscrição de cursos.De acordo com informações colhidas pelo Blog, em Parelhas a suposta funcionária da empresa teria feito 430 inscrições e em Santana do Seridó 95. No segundo município a mulher ainda teria tentado convencer o prefeito a ser fiador em compras de máquinas, para a montagem da facção. A revolta entre as vítimas é grande nas duas cidades.Fonte:Blog Marcos Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.