Os Serviços do Detran

Os Serviços do Detran

domingo, 1 de novembro de 2015

Aquecimento global compromete fertilidade masculina

fertilidade
Problemas relacionados à baixa quantidade e/ou qualidade de espermatozoides representam 90% dos casos de infertilidade masculina. Várias outras razões respondem pelos 10% restantes, incluindo problemas anatômicos, hormonais e genéticos. O que as pessoas dificilmente se lembram quando ouvem falar no aquecimento global é que a exposição do homem a altas temperaturas acaba comprometendo sua fertilidade. Ou seja, além dos efeitos deletérios sobre a natureza, os animais e a vida na Terra, o aumento de 1°C na temperatura média do planeta pode dificultar a reprodução humana.
De acordo com Edson Borges Junior, diretor científico do Fertility Medical Group, não é à toa que os testículos se encontram fora do corpo, num ambiente normalmente quatro graus abaixo da temperatura média de 36,5°C. “Os testículos são bastante afetados pelos extremos de temperatura. Por isso, contam com a atuação de um músculo chamado ‘cremaster’, que os suspende e os aproxima do corpo para aquecê-los diante de baixas temperaturas, e os afasta para resfriá-los. Diante de altas temperaturas, há um risco bastante considerável de diminuir ou até mesmo cessar a produção de espermatozoides. Numa análise seminal, além da baixa contagem, é comum encontrar espermatozoides defeituosos e com baixa motilidade – o que tem grande impacto na fertilidade masculina”.
Fonte-http://www.robsonpiresxerife.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário