Os Serviços do Detran

Os Serviços do Detran

sábado, 15 de agosto de 2015

Boxe: Popó tenta retomar carreira contra argentino 13 anos mais novo

Radicado há cinco meses em Santos, Popó caprichou na preparação para a luta deste sábado
IG – A orla de Santos virou a pista de corrida de Acelino “Popó” Freitas. Todos os dias, nas últimas semanas, o baiano se exercitou por ali, na luta para entrar em forma. O desafio é grande. Aos 39 anos, o ex-campeão mundial dos superpenas e leves volta a lutar após três anos afastado dos ringues. O adversário, neste sábado, é o argentino Mateo Damián Verón. “El Chino” não tem um cartel que se possa chamar de assustador. Soma 21 vitórias, 16 derrotas, dois empates, mas é 13 anos mais novo do que o adversário e está em plena atividade – já fez três combates em 2015. Além disso, perdeu apenas nos pontos para Patrick Teixeira, nome promissor do boxe brasileiro.
Mas por que Popó, que já havia se aposentado em 2007 e voltou para fazer apenas uma luta, em 2012, vai dar de novo a cara a bater, literalmente? Brincando, o baiano diz que queria voltar a entrar em forma. “Eu estava muito gordo, queria perder uns quilos”. Em seguida, mais sério, repete o discurso que apresenta em todas as entrevistas. “Quero voltar porque o boxe não parou comigo. Não saí por causa de lesão. Parei porque meu corpo estava cansado, depois de 25 anos de carreira. Quando a gente gosta do esporte, e ele nos traz benefícios, sente-se a vontade de voltar”.
Pessoas próximas ao lutador comentam que seu último divórcio lhe custou metade de seu patrimônio. Ele nega que esteja precisando de dinheiro. “Não tenho esse problema”.
Popó vai lutar na categoria médio-ligeiro (69,853kg), bem acima daquelas em que se consagrou, leve (61,235kg) e superpena (58,967kg). Ele diz que não teve que perder muito peso – estaria com 76kg quando começou a treinar.
fonte-http://www.robsonpiresxerife.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário