Os Serviços do Detran

Os Serviços do Detran

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Eduardo Campos morre em acidente de avião em Santos (SP)




  • Eduardo Campos, 49, era ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência Eduardo Campos, 49, era ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência
O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, morreu aos 49 anos em um acidente de avião por volta das 10h desta quarta-feira (13) em Santos (72 km de São Paulo). A aeronave modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, vinha do Rio de Janeiro e tinha sete pessoas a bordo. O Corpo de Bombeiros confirmou que não há sobreviventes.
De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), morreram, além de Campos, os pilotos Geraldo Cunha e Marcos Martins, o assessor de imprensa Carlos Augusto Leal Filho, o fotógrafo Alexandre Severo Gomes e Silva, o cinegrafista Marcelo Lira e ainda o ex-deputado federal Pedro Valadares Neto.
candidata a vice, Marina Silva, não estava na aeronave. A ex-ministra do Meio Ambiente embarcaria com Campos no Rio, mas acabou viajando para São Paulo com assessores em um avião de carreira. Mais tarde, em pronunciamento à imprensa, ela se mostrou bastante emocionada e lamentou a morte do companheiro de chapa. "Durante dez meses de convivência, aprendi a respeitá-lo, a admirá-lo e a confiar em suas atitudes e ideais de vida", afirmou. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o PSB tem dez dias para indicar o novo candidato a presidente.


Chovia e ventava no momento do acidente. O avião caiu entre as ruas Alexandre Herculano e Vahia de Abreu, no bairro do Boqueirão, na zona leste de Santos. Segundo informações da Santa Casa da Misericórdia de Santos, seis pessoas da região atingida pela aeronave foram encaminhadas a hospitais com ferimentos leves.
O capitão Marcos Palumbo, do Corpo de Bombeiros, afirmou que oito casas foram atingidas e duas delas correm risco de desabar. As equipes encontraram a caixa-preta no início da noite e fazem o trabalho de recolhimento dos restos mortais dos ocupantes da aeronave. De acordo com o bombeiro, o reconhecimento dos corpos deverá ser feito através de exames de DNA pelo IML (Instituto Médico Legal) em São Paulo.

Fonte-Uol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário