Fm Jardim

domingo, 22 de março de 2009

Senador José Agripino diz que pingos de chuva representavam lágrimas dos que choram morte de Ulisses

Uma neblina caía sobre Parelhas neste sábado, pouco antes de ser celebrada a missa de sétimo dia de morte do ex-deputado e líder político da cidade, Ulisses Bezerra Potiguar.
Que serviu de mote para o discurso do senador José Agripino, antes da missa.
Falando para o “amigo” Ulisses, Agripino comparou as gotas d´água às lágrimas de quem ainda chora a morte de um de seus mais fiéis escudeiros.
Com a Matriz de São Sebastião lotada, e os parelhenses mais humildes de luto e chorando, o padre Alcivan rezou pela morte de Ulisses e do estudante Felipe Cosme, de apenas 15 anos, e morto há exatos 30 dias em Parelhas.
Fazendo uma comparação entre a página inicial da vida…e a página que fecha um livro.
Na igreja, muitas integrantes da antiga “ala-moça” de Ulisses Potiguar, vestiam roupas pretas.
Foto:
Marcos Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário